Dia 25 de setembro será promovida uma Audiência Pública com povos de Santo na Ouvidoria da Defensoria Pública– DPE/BA, das 9 às 13h, sobre a degradação do ecossistema da Área de Proteção Ambiental – APA – Lagoas e Dunas do Abaeté, em Salvador. Para participar, o interessado deve se inscrever até às 13h do dia 23, através do envio de mensagem pelo Whatsapp para o número (71) 98865-7100. O encontro transmitido através da plataforma Google Meet e o link da transmissão será informado no ato da inscrição. Dia 27 de setembro será realizada a caminhada da escultura da Sereia ao Abaeté.

 

EXISTE UM PROCESSO ANTI-DEMOCRÁTICO ACONTECENDO EM ITAPUÃ

 

Por Marcele do Valle

 

Isso tem haver com a financeirização da política pública e do saneamento. Isso tem haver com o autoritarismo do político que se elege com seu voto. E tem também haver com manobras corruptas de governo que mantém os bolsões de pobreza pra justificar a extração de capital e produzir as cenas mais dantescas em nossa cidade. Isso tem haver com o abuso de poder.

 

O governo de Rui Costa está construindo uma Elevatória de Esgoto de 245m ao lado da Lagoa do Abaete, minha gente. Ao lado!

 

Essa Elevatória para três fossas, financiada com recursos públicos, mas que ninguém acha o contrato, beneficiando uma empresa não credenciada não vai resolver em nada a contaminação e a eutrofização que já sofre a Lagoa, pois outros pontos a montante do local da obra estão nesse exato momento vazando esgoto pra lá.

 

Prestem atenção nisso. Deixe isso sensibilizar você!

 

O que temos?

 

Degradação em todo lugar, gentrificação, e vários rios da nossa cidade a exemplo do nosso Rio Jaguaribe vivendo sua desgraça nas mãos dessa política autoritária, que ignora contribuição da ciência e o apelo da comunidade, naturaliza crimes ambientais e obriga as pessoas a acreditar que canalização de rio e aprofundamento de calha vai resolver problemas de enchente. E como se fosse só isso! Mas e os modos de uso de um rio? E o mar? Mas isso é outro assunto.

 

“Segundo as denúncias, a obra tem o pretexto de solucionar problemas de saneamento da região, mas traz impactos e danos como o extravasamento de esgoto, destruição de vegetação nativa, degradação da fauna e desrespeito às comunidades tradicionais. Especialistas no assunto apontam que a situação poderia ser evitada, caso o projeto fosse submetido, previamente, a uma ampla discussão pública. Por isso, vamos realizar esta audiência para debater a questão com a finalidade de paralisação imediata das obras e apresentação de soluções alternativas sustentáveis”, explica Sirlene Assis, ouvidora-geral.

 

Voltamos a chamar sua atenção para esse momento histórico que vivemos no Abaeté em mais uma agressão financiada com dinheiro público.

 

Você não pode ficar alheio ao que está acontecendo por lá.

 

O governo do Estado planta uma guerra cultural na certeza de que vão conseguir dividir a comunidade e formar uma opinião a favor da obra dizendo que esse absurdo é necessário, enquanto ataca a Lagoa e permite que a APA Lagoas e Dunas do Abaete seja carcomida inteira, dia pós dia.

 

A última audiência que tivemos com o objetivo de apresentar uma alternativa, uma possibilidade de fazer a condução do conteúdo dessas fossas diretamente para rede de esgotamento de Itapuã, sem a necessidade nenhuma de construir Elevatória foi interrompida por um grupo de hackers programado para invadir a sala, impedindo a apresentação do projeto.

 

Dia 25 teremos uma Audiência Pública com povos de Santo na Ouvidoria Pública da DPE e no dia 27 teremos uma caminhada linda, indo até a Sereia e depois para o.

 

Venha de máscara, com seu instrumento ou cartaz participar da Audiência Pública com povos de Santo e da caminhada ao Abaeté, venha de branco e venha com a gente!

Banner Content
Tags: , , ,

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário

ANO XVI – ED. 187 – OUTUBRO DE 2020

Siga-nos

INSTAGRAM

Arquivo