Lula condena ataques terroristas e decreta intervenção federal no DF

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), condenou, no domingo (8/1), a invasão e ataques criminosos de extremistas a prédios do Congresso, STF e Palácio do Planalto, na Praça dos Três Poderes. O chefe do Executivo decretou intervenção federal no Distrito Federal até 31 de janeiro.

https://www.correiobraziliense.com.br/politica/2023/01/5064609-lula-condena-ataques-terroristas-e-decreta-intervencao-federal-no-df.html?fbclid=IwAR1z_AwRjgpSkMmTkaupFhazf81MDe8X1_WtkhwuKXQQuzRpfO3kTvB-is0

 

Coletiva de imprensa com o Ministro da Justiça Flávio Dino sobre o terrorismo bolsonarista em Brasília

https://www.youtube.com/watch?v=7xa-MaBX-4Q

 

CONIVÊNCIA | Policiais do DF são filmados conversando com invasores do Congresso Nacional:

https://g1.globo.com/…/policiais-do-df-sao-filmados…

Os criminosos extremistas bolsonaristas, após serem escoltados pelas forças de segurança até ao local do crime, furam bloqueio inoperante da polícia militar do DF e invadem o Congresso Nacional, Palácio do Planalto e plenário do STF.

Segundo a presidenta do PT Gleisi Hoffmann, a Polícia do Distrito Federal não impediu a depedração do Palácio do Planalto, Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal.

“Governo do DF foi irresponsável frente à invasão de Brasília e do Congresso Nacional. É um crime anunciado contra a democracia, contra a vontade das urnas e por outros interesses. Governador e seu secretário de segurança, bolsonarista, são responsáveis pelos atentados”, disse Hoffmann, no twitter.

 

O STF remove o governador da capital do Brasil do cargo:

Alexandre de Moraes afastou o governador de Brasília, Ibaneis Rocha, durante 90 dias, por alegadamente saber do assalto a instituições por extremistas bolsonaristas. Moraes tomou esta decisão nas primeiras horas da manhã de segunda-feira (09/01), considerando que os manifestantes tinham a aprovação do governo de Brasília para levar a cabo os actos, de acordo com o G1.

“(Estas) circunstâncias só poderiam ter ocorrido com o consentimento, e mesmo com a participação efectiva das autoridades competentes em matéria de segurança pública e inteligência, uma vez que a organização das alegadas manifestações era um facto notório, o que foi noticiado pelos meios de comunicação social brasileiros”, acrescentou ele.

https://www.cnnbrasil.com.br/politica/moraes-determina-afastamento-de-governador-do-df-ibaneis-rocha/

 

O Fórum Nacional de Governadores disponibilizam PMs dos estados para atuar em Brasília:

https://veja.abril.com.br/coluna/radar/governadores-disponibilizam-pms-dos-estados-para-atuar-em-brasilia/?fbclid=IwAR0fiMPUg3Yss4joOo1kQXt2XJBd-dQoz_fN48uC2IkY8VJ2x-JxWg4TteI

 

Interventor Federal demite superintendente da PF no Distrito Federal

Ricardo Cappelli, interventor na segurança do DF (Distrito Federal), demitiu o superintendente da PF (Polícia Federal) no Distrito Federal, Victor Cesar Carvalho, formalizada no Diário Oficial da União:

Cappelli também anunciou que formalizou a troca no comando-geral da Polícia Militar do Distrito Federal e nomeou o Coronel Klepter Rosa para o cargo. Ele substituirá o Coronel Fábio Augusto, que é alvo de pedidos de investigação pela invasão as sedes dos Três Poderes.

Segundo o interventor, mais de mil criminosos terroristas já estão presos no DF.

 

STF: Moraes inclui Bolsonaro em inquérito sobre atos golpistas

https://agenciabrasil.ebc.com.br/radioagencia-nacional/justica/audio/2023-01/stf-moraes-inclui-bolsonaro-em-inquerito-sobre-atos-golpistas

https://www.msn.com/pt-br/noticias/brasil/investigado-por-incitar-atos-terroristas-bolsonaro-precisar%C3%A1-depor/ar-AA16lRxX?ocid=msedgntp&cvid=3a00d09005654db9b840e14db2d0887a

 

Congressistas brasileiros criarão CPI – Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar o papel de Bolsonaro nos atentados fascistas

https://www.msn.com/pt-br/noticias/brasil/congressistas-brasileiros-procuram-criar-comiss%C3%A3o-para-investigar-o-papel-de-bolsonaro-na-crise-pol%C3%ADtica/ar-AA167LTk?ocid=msedgntp&cvid=503400623ba64d97a878ca1ae33e38f7

 

Coloca-se a exigência de prisão imediata dos empresários que financiam o terror!

Agência Pública revela em levantamento exclusivo que pelo menos 44 empresas ou pessoas físicas são donos dos ônibus que levaram os criminosos terroristas pra vandalizar Brasília. A Pública obteve as informações de registro de 86 veículos identificados pela PF no dia 08/01. Financiadores do terrorismo disponibilizaram os ônibus que levaram os extremistas bolsonaristas, com todas as despesas pagas pra Brasília.

https://apublica.org/2023/01/maioria-dos-onibus-que-transportaram-terroristas-sao-do-parana-e-sao-paulo/?utm_source=facebook&utm_medium=post&utm_campaign=onibusterroristas&fbclid=IwAR2HxCTin_miL87VP-YnZUh-bi7ovaCkmEdfRhRmfA97LwRGPrr_lm_uCXk

 

Lupa nos Golpistas: base de dados colaborativa

https://lupa.uol.com.br/

Ataques golpistas aumentam pressão para regulamentar plataformas digitais.

Os atos de terrorismo da tarde de domingo (8) deixaram claro para instituições que estudam e combatem a desinformação que a omissão das plataformas de mídias sociais e aplicativos de mensagens com relação ao conteúdo conspiratório que circulou em seus ecossistemas semanas antes do vandalismo em Brasília exigem que se acelerem os debates sobre a regulamentação destas plataformas.

A Rede Nacional de Combate à Desinformação (RNCD) e o International Center for Information Ethics (ICIE), por exemplo, publicaram um manifesto em que condenam os atos de vandalismo e destacam “a necessidade de criar legislação e mecanismos capazes de incidir sobre o funcionamento das plataformas que são espaços estratégicos capazes de fidelizar públicos e mobilizá-los, fomentar o discurso de ódio e potencializar a polarização e o desentendimento políticos, além da monetização da desinformação e da desqualificação da democracia”. O manifesto, que também é um pedido de coleta de assinaturas, pede que a população ajude a pressionar o governo pela regulação das plataformas.

https://lupa.uol.com.br/jornalismo/2023/01/13/ataques-golpistas-aumentam-pressao-para-regulamentar-plataformas-digitais

 

Os 46 deputados federais que defenderam ou minimizaram o terrorismo em Brasília

https://theintercept.com/2023/01/12/deputados-federais-que-defenderam-terrorismo-em-brasilia/?fbclid=IwAR3NsfTouiV6Jo4SAetRq6SwZH1Ao1t2p-OS7LzHoWZra0Rl5Cq2ZUqEUFU

 

 

Inelegibilidade de Bolsonaro é dada como certa

Para três magistrados ouvidos pela coluna, os ataques terroristas colocam ainda mais pressão sobre Bolsonaro nas cerca de 30 ações que correm no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com potencial de toná-lo inelegível.

Os magistrados avaliam que, além de a maioria desses processos já ter fundamentos para afastar Bolsonaro de um retorno à vida pública, o ataque jamais visto na história brasileira aos Três Poderes tem como pano de fundo os discursos e condutas golpistas do capitão reformado, ao longo de seu mandato.

 

O rascunho de golpe de estado no armário do ex-ministro Anderson Torres:

https://g1.globo.com/politica/noticia/2023/01/13/leia-a-integra-da-minuta-de-decreto-para-instaurar-estado-de-defesa-encontrada-na-casa-de-torres.ghtml

Preparação para ato golpista teve mapa online e previu confronto violento

https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2023/01/11/mapa-online-onibus-brasilia-ato-golpista-8-janeiro-preparacao-confronto.htm

Anderson Torres é preso pela pf após desembarcar em Brasília

https://www.africas.com.br/noticia/anderson-torres-e-preso-pela-pf-apos-desembarcar-em-brasilia?utm_source=dlvr.it&utm_medium=facebook

 

 

Por que Lula não quis usar a GLO no dia das invasões golpistas

https://www.metropoles.com/colunas/igor-gadelha/por-que-lula-nao-quis-usar-a-glo-no-dia-das-invasoes-golpistas

The Washington Post, o exército não permitiu que a polícia prendesse os terroristas

https://www.washingtonpost.com/world/2023/01/14/brazil-riot-investigation-military-collusion/

Prevaricação: Comandante do Exército, general Arruda é denunciado pelo MPF por acampamentos golpistas

https://revistaforum.com.br/politica/2023/1/18/prevaricao-comandante-do-exercito-general-arruda-denunciado-pelo-mpf-por-acampamentos-golpistas-130257.html

Ninho de serpentes está nos quartéis

https://operamundi.uol.com.br/analise/78578/ninho-de-serpentes-esta-nos-quarteis

Demissões de militares e policiais: o efeito da ‘limpa’ de Lula após invasões

Após a demora de policiais e militares em reagir aos ataques de radicais bolsonaristas em Brasília em 8 de janeiro, o presidente Luis Inácio Lula da Silva fez nesta semana uma série de demissões e alterações de cargos de militares em órgãos ligados à Presidência e uma ampla reformulação no comando da PRF e da Polícia Federal.

Para a pesquisadora Adriana Marques, do Instituto de Relações Internacionais e Defesa da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), As demissões e mudanças de cargos não serão suficientes, não diminuíram a enorme autonomia que os militares têm no Brasil – bem maior do que em outras democracias. Os militares mantêm o controle de uma série de outras coisas, até a escolha do Ministro da Defesa”, acrescenta. A escolha de Lula de José Múcio Monteiro Filho para o cargo demonstra isto. Um processo de desmilitarização é essencial não somente no Palácio da Alvorada e no GSI, mas no governo em geral. A reformulação das polícias também.

https://www.msn.com/pt-br/noticias/brasil/demiss%C3%B5es-de-militares-e-policiais-o-efeito-da-limpa-de-lula-ap%C3%B3s-invas%C3%B5es/ar-AA16yuwO?ocid=msedgntp&cvid=3a91d07e9b1940b6af8fcb19a107d126

Lula demite general Júlio Cesar de Arruda, comandante do Exército

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva demitiu no dia 21 de janeiro de 2023 o comandante do Exército, general Júlio Cesar de Arruda. O novo comandante será o general Tomás Ribeiro Paiva que, na última quarta-feira (18) fez um forte discurso em que afirma que o Exército é uma instituição de Estado e que o resultado das urnas deve ser respeitado.

Nos últimos dias, acumularam-se insatisfações do Palácio do Planalto com integrantes do Exército, sobretudo com a maneira como os militares lidaram com os acampamentos em frente aos quartéis pelo país e com as ações tomadas durante e após os atos de invasão e depredação das sedes dos poderes da República.

‘Fratura no nível de confiança’ forçou troca no comando do Exército

O ministro da Defesa, José Múcio Monteiro, afirmou que a troca no comando do Exército, anunciada neste sábado, foi necessária por ter havido, segundo ele, “uma fratura no nível de confiança”, após os episódios de manutenção de acampamentos na frente que quartéis do Exército em todo o país e dos atos de violência, invasão e depredação de prédios públicos no dia 8 de janeiro em Brasília. As declarações foram feitas no Palácio do Planalto, em pronunciamento em que confirmou a saída do general Júlio Cesar Arruda e a chegada do novo comandante, o general Tomás Ribeiro Paiva.

Saiba quem é Tomás Ribeiro Paiva, novo comandante geral do Exército

O novo comandante do Exército entrou em evidência essa semana e viralizou nas redes sociais ao defender com um forte discurso às tropas o cumprimento das missões do Exército de forma institucional, com respeito ao resultado das urnas.

“Vamos continuar garantindo a nossa democracia, porque a democracia pressupõe liberdade e garantias individuais e públicas. E é o regime do povo, de alternância de poder. É o voto. E, quando a gente vota, tem de respeitar o resultado da urna”, afirmou Tomás.

https://www.otempo.com.br/politica/governo/saiba-quem-e-tomas-ribeiro-paiva-novo-comandante-geral-do-exercito-1.2801773

 

 

Líderes de EUA, Europa e América Latina se unem numa ampla condenação aos ataques à democracia brasileira

https://www.facebook.com/dw.brasil/videos/480716744222653

Altos representantes do bloco europeu condenam violência bolsonarista em Brasília e reforçam apoio ao governo democraticamente eleito de Lula. “A democracia brasileira vai prevalecer sobre o extremismo e violência”

 

O chanceler federal da Alemanha, Olaf Scholz, criticou fortemente nesta segunda-feira (09/01) a invasão de prédios do governo na capital, Brasília, por partidários extremistas do ex-presidente Jair Bolsonaro.

“Imagens terríveis nos chegam do Brasil. Os ataques violentos contra as instituições democráticas são um atentado à democracia que não pode ser tolerado”, escreveu Scholz.

 

Na mesma linha, o presidente da França, Emmanuel Macron, publicou mensagem no Twitter afirmando que “a vontade do povo brasileiro e as instituições democráticas devem ser respeitadas” e que o “presidente Lula pode contar com o apoio incondicional da França”.

 

“Apoio total a Lula”, declaram autoridades da União Europeia

https://www.dw.com/pt-br/apoio-total-a-lula-declaram-autoridades-da-uni%C3%A3o-europeia/a-64321503?fbclid=IwAR0LRUbNpFlupxU8NVCQ5FX49hvlSoMm5-Cl65OrAgcEoE8NJc2xUiQivxA

 

‘Ataque à democracia’: imprensa internacional repercute invasão de Brasília por bolsonaristas

Joe Biden, presidente dos EUA, qualificou o ato como um “atentado à democracia e à transferência pacífica do poder no Brasil”, prometendo todo apoio do governo americano às instituições democráticas do Brasil.

https://www.bbc.com/portuguese/brasil-64208685?at_link_type=web_link&at_link_id=FBDEF3EA-900D-11ED-BE2A-F4FB923C408C&at_ptr_name=facebook_page&at_bbc_team=editorial&at_format=link&at_link_origin=BBC_News_Brasil&at_campaign_type=owned&at_medium=social&at_campaign=Social_Flow&fbclid=IwAR2u0liHrAuwXGQndwkOzu4_pv-R5wXKyQca7tfQLTgojjVF59SOR9iXYkI

 

Extremistas fascistas invadem plenário do STF, Congresso Nacional e Palácio do Planalto

https://www.cnnbrasil.com.br/politica/manifestantes-furam-bloqueio-e-entram-na-esplanada-em-brasilia/?utm_source=social&fbclid=IwAR1XV6HdhvyR3E5N2bEgkVa91Gbd_Dlnu_8J-dnW_v_ivfUUZZCG87wKQkw

 

 

Coalizão Negra Por Direitos condena ato terrorista contra a democracia

 

Assine a Petição: Punição para responsáveis por depredação e atos terroristas no Congresso Nacional já!

Abaixo-assinado · Punição para responsáveis por depredação e atos terroristas no Congresso Nacional já! · Change.org

 

A Coalizão Negra por Direitos vem a público repudiar veementemente a violação da Constituição Federal e dos Poderes da República, promovida mediante a invasão e a destruição dos prédios públicos, e a depredação de artefatos do patrimônio  artístico-cultural brasileiro por terroristas com intenções golpistas.

 

Crimes contra o Estado Democrático de Direito devem se punidos exemplarmente.

 

Exigimos, por parte da autoridades constituídas, a punição na forma da Lei, de todos e todas responsáveis, incluindo os representantes do Governo do Distrito Federal e seus subordinados, por conivência e cumplicidade com os atos facistas e de seus financiadores.

 

Reafirmamos nossa intransigente disposição na defesa da Democracia, do Governo do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva e demais poderes constituidos, e da luta por uma sociedade onde o Estado de Direito seja respeitado.

 

08 de janeiro de 2023

 

#InstitutoBúzios #MídiaNegraFeminista

*Com informações das Agências de Notícias.

Banner Content
Tags: , , ,

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário

ANO XVIII – EDIÇÃO Nº 215 – FEVEREIRO 2023

Siga-nos

INSTAGRAM

Arquivo