Nova lei articulada por elites empresariais e evangélicas aprofunda concentração. Lei dobra quantidade de canais de TV para o mesmo grupo e consolida oligopólios midiáticos. Pautas históricas para a democratização do setor seguem sem perspectiva de ação do governo federal.

Quais setores o governo Lula tem escolhido como aliados do seu mandato de “união e reconstrução” no campo da comunicação?

O Ministério das Comunicações foi entregue a um radiodifusor: poder político e elites econômicas permanecem de mãos dadas. Na comunicação pública, não houve medidas efetivas para retomar o caráter público da EBC.

Junto a Ministérios e ao Congresso Nacional, big techs influenciam as decisões (e não-decisões) sobre regulação das plataformas.

Faltaram ações para enfrentar a lógica punitivista reforçada pela TV (programas policialescos) e no digital (reconhecimento facial). Colonialismo verde, violência de gênero online e violência contra comunicadores/as seguem em pauta. Temas do especial “Algo de novo sob o sol? Direito à Comunicação no primeiro ano do atual governo Lula”, produzido pelo Intervozes – Coletivo Brasil de Comunicação Social, com edição de Ana Veloso, Patrícia Paixão de O. Leite e Paulo Victor Melo.

 

Leia a reportagem especial

 

Fonte: Le Monde Diplomatique Brasil.

Banner Content
Tags: , , ,

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário

MÍDIA NEGRA E FEMINISTA ANO XX – EDIÇÃO Nº230 – MAIO 2024

Siga-nos

INSTAGRAM

Arquivo