O leitor de Machado de Assis vai ter um encontro raro com a obra do escritor. No dia 25 de agosto, às 18 horas, a Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (BBM) da USP lança oficialmente a exposição virtual Machado de Assis: Primeiras Edições e Raridades e o catálogo impresso e digital Primeiras Edições de Machado de Assis na Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, com a reprodução de 47 obras do autor de Memórias Póstumas de Brás Cubas. O site da exposição já pode ser acessado. Ele disponibiliza para consulta todas as primeiras edições de obras de Machado de Assis, publicadas entre 1861 e 1908.

 

O leitor/visitante logo percebe que vai mergulhar entre detalhes inusitados da obra machadiana. No site está o convite:

“Esses livros contêm algumas das personagens e dos enredos mais marcantes da literatura brasileira, que há mais de século encantam e desafiam leitores e críticos do mundo todo. Os 47 exemplares que compõem a Machadiana da BBM são também testemunho de várias histórias: da literatura, da imprensa, da edição de livros, dos recursos gráficos, da sociabilidade literária e do colecionismo. Esta exposição mostra como os livros permitem conhecer melhor cada um desses aspectos da cultura letrada no Brasil.”

 

Desses 47 exemplares, 37 foram integralmente digitalizados. A exposição encanta pelas ilustrações e pelos comentários. “A ideia de fazer a exposição virtual e os catálogos decorreu da mostra presencial realizada em 2018 na Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin da USP, na qual reunimos e expusemos pela primeira vez a Machadiana da BBM”, conta o professor Hélio de Seixas Guimarães, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, curador da mostra. “Como a exposição presencial é efêmera e o público fica restrito aos que podem visitar a exposição, achamos que valia a pena ter um registro mais perene, que permitisse acesso mais amplo, o que é propiciado pela exposição virtual e pelos volumes digitalizados, que podem ser acessados gratuitamente de qualquer lugar.”

 

A exposição destaca a participação pioneira de Machado de Assis na história da cultura do País. “Os livros da coleção trazem elementos que os singularizam, tais como autógrafos, dedicatórias, catálogos de livrarias e editoras. Esses elementos permitem conhecer o contexto em que as obras de Machado de Assis foram produzidas e circularam pela primeira vez, além de aspectos da história cultural e social brasileira, como a história literária, da imprensa, das editoras, do colecionismo e das gráficas.”

 

“Os livros da coleção trazem elementos que os singularizam, tais como autógrafos, dedicatórias, catálogos de livrarias e editoras.” 

 

O catálogo impresso e digital da mostra tem a coordenação e organização do professor Hélio de Seixas Guimarães, da crítica literária Ieda Lebensztayn, doutora pelo Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) da USP, e da pesquisadora Luciana Antonini Schoeps, doutora em Letras pela FFLCH.

 

No catálogo, além das 47 obras presentes na exposição, foram acrescentadas as reproduções de duas traduções para o castelhano de Memórias Póstumas de Brás Cubas e Esaú e Jacó, publicadas respectivamente em 1902 e 1905, ainda quando o escritor era vivo. “São 49 volumes colecionados por Rubens Borba de Moraes, Guita e José Mindlin em mais de 80 anos de criterioso garimpo”, observam os autores  na apresentação do catálogo, referindo-se aos célebres colecionadores que formaram o que é hoje o acervo da BBM. “Esses amantes do livro compartilharam seus achados, hoje disponíveis ao público na USP. Entre os mais de 400 itens diretamente relacionados a Machado de Assis pertencentes ao acervo, destacamos aqui os livros de Machado de Assis publicados no período de sua vida.”

 

Como bem lembrou José Mindlin, também citado no catálogo: “Ao nos darmos conta da variedade de temas e de personagens de seus contos, fica difícil imaginar que uma única pessoa pudesse reunir tantos caracteres e tantas ideias diversas, situações pessoais, enredos com diferenças tão acentuadas”.

 

O lançamento oficial da exposição virtual Machado de Assis: Primeiras Edições e Raridades e do catálogo Primeiras Edições de Machado de Assis na Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin acontece no dia 25 de agosto, às 18 horas, na Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (BBM) da USP (Rua da Biblioteca, 21, Cidade Universitária, em São Paulo). Evento grátis.
A exposição virtual já pode ser visitada neste link (clique aqui).
Fonte: Jornal da USP.
Banner Content
Tags: , , ,

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário

ANO XVIII – EDIÇÃO Nº 212 – NOVEMBRO 2022

Siga-nos

INSTAGRAM

Arquivo