Compartilhamos com os leitores a entrevista completa com o historiador João José Reis. Na segunda parte da entrevista, ele aborda temas como a precarização do trabalho e sua íntima relação com a escravidão e o desenvolvimento do capitalismo. Tomando como ponto de partida temas como a escravidão de ganho e possíveis analogias históricas com os entregadores de aplicativos.

Acesse a primeira parte da entrevista aqui.

A escravidão ao ganho por definição era referente à escravidão urbana, onde escravizados transportavam mercadorias de todo o tipo, circulavam por toda cidade e eram responsáveis pela circulação de alimentos, dejetos, cartas, entre tantas outras coisas. Se cruzassem os braços em greve como ocorreu em Salvador em 1857, tudo parava, como bem relatou J.J. Reis em seu livro sobre essa greve negra na Bahia.

Não deixa de chamar atenção que nos dias de hoje trabalhadores essenciais e da linha de frente que seguem trabalhando sem EPI e sem direito a testes como os entregadores de aplicativos, sejam em sua grande maioria negros. A pandemia mostrou como são essenciais e como as empresas de aplicativos lucram milhões nas costas de trabalhadores que as vezes ganham 3 reais por corrida. João José Reis abordou esses temas e outros assuntos referente à precarização do trabalho nessa entrevista.

Acesse a segunda parte da entrevista aqui

 

Fonte: Esquerda diário.

Banner Content
Tags: , , ,

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário

ANO XVI – ED. 187 – OUTUBRO DE 2020

Siga-nos

INSTAGRAM

Arquivo