O Canal IN, é um dos maiores canais brasileiros de entretenimento infanto-juvenil e tem atualmente mais de 15 milhões de inscritos.

O Canal Irmãos Neto (IN), vai passar em breve por um reposicionamento e incluirá no elenco criadores negros. E a primeira contratada é a influenciadora e ativista Gabi Oliveira, do Canal de Pretas, que segue como referência para mulheres negras. Ela também chega com o cargo de coordenadora de conteúdo do canal.

Formada em Relações Públicas pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Gabi, como é conhecida nas redes sociais, utiliza o YouTube como uma forma de colocar a cultura negra em pauta. Seja em assuntos sérios como o genocídio da população negra ou em momentos mais descontraídos como a experiência de morar sozinha, a jovem não deixa de se manifestar.

Seu canal no YouTube, “Gabi de Pretas”, conta mais de 566 mil inscritos ansiosos pelas postagens de Gabriela. Toda semana ela tenta colocar um vídeo novo no ar em seções como a Papo de Pretas, quando geralmente fala sobre assuntos como a maquiagem certa para a pele mais escura, tipos de penteados para o cabelo crespo, sempre com um sorriso no rosto (sua marca registrada) e fazendo questão de costurar com algum tema do momento.

“Creio que essa mudança será significativa no sentido de ter um canal de grande alcance que realmente represente a realidade da população brasileira. As pessoas que estão chegando, como eu, vão agregar. Inclusão é isso, a naturalização da existência de pessoas diversas”, opina Gabi.

De acordo com ela, a nova essência do canal terá conversas de forma muito mais natural, mas com propósito de impactar de forma positiva as futuras gerações.

Felipe Neto, um dos sócios da Play9, empresa por trás do canal, aprova a chegada de Gabi ao Canal IN. “Sinto um orgulho imenso em ter a Gabi nesse reposicionamento do Canal IN. A melhor maneira de naturalizar um tema, principalmente para um público mais jovem, é trazer esse tema para o nosso cotidiano. Ter a Gabi nessa frente é fundamental para que possamos apresentar essa pluralidade”, diz.

Outros criadores de conteúdo negros deverão ser contratados.

 

Fonte: FolhaPress e Hypeness.

Banner Content
Tags: , , ,

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário

ANO XVI – ED. 185 – AGOSTO DE 2020

Siga-nos

INSTAGRAM

Arquivo